Insert title

Insert a subtitle

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. 

Lorem ipsum dolor sit amet

Lorem ipsum dolor sit amet

Comunità Mariana - Oasi della Pace


Convento della Consolazione

71026, Deliceto (FG)

ITALIA


0881-1991018



Telefonare dalle 09.00 alle 12.00, dalle 14.00 alle 17.00, dalle 19.30 alle 21.00




Per le richieste di ospitalità, vi preghiamo di indicare nel messaggio il vostro nome e cognome, indirizzo e-mail e recapito telefonico.

​​

saaa.jpeg
logo_cmop_home
logo_cmop_home

facebook
youtube

Comunidade Mariana Oásis da Paz © 2022, Todos os direitos reservados

Política de Privacidade | Política de cookies

Nossa história

Quem somos

A Comunidade Mariana - Oásis da Paz (CMOP) é, na Igreja Católica, uma família eclesial de vida consagrada, à qual pertencem homens e mulheres de vários estados de vida (consagrados internos, dos quais alguns são sacerdotes, consagrados seculares, casais de esposos). Esses compartilham o mesmo fim espiritual: interceder pela paz e levar a paz a todos os lugares e situações, sob a orientação de Maria, seio no qual Cristo-Paz (cf. Ef 2,14) toma forma incessantemente. O carisma da paz para todos e para cada um implica, portanto, oração profunda, doação de si, acolhimento e abertura ao outro como já aconteceu com Maria de Nazaré. Unidos pelo mesmo carisma e da mesma missão, os membros da CMOP vivem cada um em seu próprio ambiente: os consagrados e as consagradas internos, homens e mulheres vivem em centros espirituais denominados "Oásis da Paz", difundidos na Itália (Fara em Sabina, Ussana, Deliceto), Bósnia-Herzegovina (Medjugorje), Brasil (Fortaleza, Quixadà) e Camarões (Mbalmayo); os consagrados seculares e os cônjuges residem em suas próprias casas, encontrando-se periodicamente com os outros membros da família eclesial para formação e oração.

logo_cmop_homeimg-20191130-wa0021.jpegimg-20210914-wa0016.jpeg20190918_214233.jpeg20190914_070934.jpeg

RdV 1 

“Somos gratos a Maria, Rainha da Paz, porque com o Seu materno amor e ajuda nos encontrou na nossa vida e nos fez encontrar Deus, Jesus, o Príncipe da Paz (cf Is 9,5; Ef 2,14) vivo na sua Igreja.” 

As Origens

As origens da CMOP estão nos eventos da conhecida cidade da Bósnia - Medjugorje. Tocados pelo encontro com a Rainha da Paz, alguns jovens quiseram traduzir em um estilo de vida consagrada a mensagem de oração, penitência, conversão, a mensagem de simplicidade e paz que "a Gospa" repetia em suas aparições. Maria, por assim dizer, " encontrou-os" em uma encruzilhada da vida e os conduziu ao autor da paz, Jesus. Era o ano de 1987. As aspirações dos primeiros irmãos e irmãs foram acolhidas pelo sacerdote passionista Gianni Sgreva. Ele também ficara tocado pela graça da terra de Medjugorje e se perguntava como responder ao apelo daqueles jovens e ao grito do mundo necessitado de paz e reconciliação. Assim, teve a intuição de criar espaços de oração que pudessem facilitar o encontro do homem com Deus, "clínicas especializadas para os enfermos do coração", como ele audaciosamente  expressava-se, onde, reconciliados com Deus e com seus irmãos, muitas almas pudessem receber a cura e a paz.
Assim, em 25 de março de 1987, a Comunidade Mariana - Oásis da Paz tornou-se uma realidade jurídica. A primeira casa foi inaugurada em 18 de maio do mesmo ano em Priabona (Vicenza - Itália). Na diocese de Sabina-Poggio Mirteto (Rieti - Itália) obteve-se o primeiro reconhecimento eclesiástico (25 de dezembro de 1990), sancionado definitivamente em 5 de fevereiro de 1999 com a constituição da mesma comunidade como Associação Pública de fiéis com vistas a se tornar Instituto de Vida Consagrada.

20190919_174910.jpeg20211123_162817.jpeg20211123_155104.jpeg

RdV 2 

“A partir desse encontro mariano a nossa vida mudou. A Rainha da Paz nos acompanha agora em um progressivo caminho de conversão ao Senhor e por isso convida- nos e educa-nos com amor a elevar incessantemente “Com toda sorte de preces e súplicas, orai constantemente no Espírito.” (Ef 6,18) e a viver com alegria a penitência, a mortificação e o jejum, para alcançar a santidade, plenitude da paz, em uma vida de especial Consagração, e para comunicar essa santidade também aos outros irmãos.” 

20211123_104311.jpeg

O fundador

Padre Gianni Sgreva, iniciador e fundador da Comunidade é religioso da Congregação da Paixão. Ordenado sacerdote em 21 de dezembro de 1974, obteve o doutorado em Teologia e Ciências Patrísticas pelo Pontifício Instituto Augustinianum de Roma. Com a permissão de seu superior geral, Pe. Michael Boyle, acompanhou a Comunidade em seus primeiros passos na Igreja, atuando como seu responsável geral e guia carismático-pastoral da mesma de 1987 a 2001.

RdV 3 

“Maria que, junto à Cruz de Jesus tornou-se Mãe da Igreja e Mãe da humanidade, pede a nossa colaboração para salvar tantos irmãos e irmãs em busca de Paz. Abandonados a ela, não queremos reter para nós o dom recebido. Com alegria, declaramos a nossa disponibilidade total para que a Rainha da Paz nos use como seus instrumentos para o cumprimento do plano salvífico do Pai, com o testemunho e o sacrifício de nossas vidas pela salvação do mundo.” 

De 2001 até hoje

Sob a orientação do bispo de Sabina-Poggio Mirteto, nos últimos vinte anos a Comunidade consolidou sua presença na Itália, Bósnia-Herzegovina, Brasil e Camarões, com a fundação de casas de espiritualidade, que se revelaram autênticos "oásis de paz" para muitos, e a gestão de importantes santuários diocesanos (Quixadà, Mbalmayo e Deliceto), em frutuosa colaboração com a Igreja local.
Ao longo do tempo a proposta de formação se aprofundava e se elaborava os caminhos espirituais para indivíduos, casais, jovens e os acompanhamentos personalizados daqueles que estavam em busca  da paz. A estrutura jurídica da obra também se esclarecia (Família Eclesial de vida consagrada), garantindo a unidade na distinção entre homens e mulheres, por um lado, e dos três grupos que compõem a Comunidade (consagrados internos, consagrados seculares, casais), por outro, numa sinergia sinodal respeitando as diferenças de sexo, cultura, estado de vida em harmonia dinâmica para a comunhão.

Create Website with flazio.com | Free and Easy Website Builder